[Resenha] Em Algum Lugar nas Estrelas, de Clare Vanderpool.

A noite em que terminei de ler Em Algum Lugar nas Estrelas era, curiosamente, uma noite linda e estrelada. Eu olhei para cima e tentei procurar por Pi e a Ursa Maior, mas infelizmente não estava no continente certo, não é? Mas Early e Jackie estavam. Em Algum Lugar nas Estrelas nos leva ao Maine de 1945, mais precisamente a Morton Hill, a escola em que Jackie Baker foi estudar após a morte da sua mãe o tirar de Kansas, onde viveu durante todos os seus treze anos. Nesse novo lugar, mais parecido com outro planeta para Jackie, ele conhece Early Auden, um menino muito peculiar, metódico e esperançoso.

clare vanderpool

Após algum tempo se esbarrando pela escola, Jackie ganha o apoio de Early para competir no evento de remada, construindo um barco em conjunto e treinando o máximo possível. Ali parecia nascer uma amizade que forneceria a Jackie uma raiz no Maine. Early, contudo, tinha planos um tanto ambiciosos e aventureiros que testariam essa amizade: a busca pelo Urso da Trilha do Apalache. A trilha representa mais do que achar um urso e termina sendo um caminho para lidar com a perda e os piores medos e arrependimentos de cada um.

Quando recebi o livro, fiquei encantada com a edição. A dedicação e o trabalho minucioso merecem aplausos de pé. Mais do que relacionada profundamente à história, a edição envolve o leitor no mundo de Jackie e Early quase tanto quanto as palavras de Clare Vanderpool. Estas, por sua vez, são bem desenvolvidas e nos transmitem um universo nostálgico e curioso.

lombada EALNE

Um ponto negativo, contudo, que prejudicou a minha leitura foi a demora para a história andar e requer um pouco de paciência do leitor. Mas, vale a pena. A história é um conjunto de ações um tanto soltas entre duas histórias que pode deixar a gente confuso enquanto lê. Isso não quer dizer que seja uma coisa ruim. Esse tipo de história, que flui como uma soma, tende a surpreender com o final. E foi exatamente o que Em Algum Lugar nas Estrelas fez.

O trabalho de crescimento de cada personagem é magnífico. Dos protagonistas – nos quais incluo Pi em sua história estilo spin-off que permeia a história dos meninos do Maine – até o mais passageiro personagem, sentimos os fantasmas de um passado conturbado, machucado por algum motivo que assombra cada um deles. Clare Vanderpool conseguiu mostrar um novo horizonte, depois de árdua jornada para todos eles, de maneira poética e instigante.

história de pi

Além disso, fica claro para quem acompanha as aventuras de Jackie e Early que a autora se esforçou para fazer uma história com mínimo de pontas soltas possíveis. O enredo tem dados matemáticos, astronômicos e históricos bem apurados. E alguns temas foram tocados de maneira delicada e bela, seja a morte ou a psicologia, que se desdobram ainda mais quando lemos o prólogo acrescentado pela autora.

Folha de rosto EALNE

Leituras como essa me fazem uma leitora melhor e sei que pode fazer o mesmo por muitos outros amantes da literatura. É o tipo de livro considerado mais difícil, porém, lembre-se grau de dificuldade não é igual a qualidade. Não é assim que se mede um bom livro. Um bom livro é aquele que acha espaço no coração do seu leitor, se enraíza na sua imaginação e se deixa crescer na sua memória. Eu não saberia te dizer se Em Algum Lugar nas Estrelas entrará no ranking dos clássicos da literatura mundial nos próximos anos. O que eu sei é que o dia seguinte ao fim da minha leitura amanheceu cheio de névoa e as estrelas permaneceram encobertas pelo céu nublado.

Ficha Técnica:

Título: Em Algum Lugar nas Estrelas | Autor: Clare Vanderpool | Páginas: 272 | Editora: Darkside Books| ISBN-13: 9788566636833 | ISBN-10: 856663683X | Ano: 2016 | Adicione ao: SkoobGoodreads

Parceria Final de Post

Siga o blog nas redes sociais:

Facebook ♦ Twitter ♦ Instagram ♦ Tumblr ♦ Skoob Goodreads ♦ Filmow

Anúncios

5 comentários em “[Resenha] Em Algum Lugar nas Estrelas, de Clare Vanderpool.

O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s